top of page
Buscar

A IMPORTÂNCIA DA FARMÁCIA MAGISTRAL NA ATENÇÃO FARMACÊUTICA DE PACIENTES COM MICOSES SUPERFICIAIS

Autor(a): Dra. Rita Sampaio / Farmacêutica CRF-PA 2313



A Farmácia de Manipulação é o local onde são preparados medicamentos, cosméticos e suplementos para diversas doenças e finalidades de tratamento. As fórmulas manipuladas são personalizadas e feitas sob medida, atendendo à prescrição de diversos profissionais de saúde como médicos, farmacêuticos, odontólogos e nutricionistas. Nesse sentido, a farmácia deve ter uma infraestrutura mínima, com laboratórios equipados, modernos e atender a todas as exigências das Boas Práticas de Manipulação Farmacêutica.


O Farmacêutico é o profissional habilitado para realizar as atividades de manipulação de medicamentos. Entre as várias atribuições desse profissional está a gestão da farmácia magistral desde o atendimento à legislação em toda a sua amplitude até a parte operacional como a manipulação de fórmulas, controle de qualidade, pesquisa, dispensação, auto inspeção, visitação médica e atenção farmacêutica clínica.


O manejo das doenças dermatológicas na farmácia de manipulação inicia na atenção primária, ouvindo as queixas do paciente. Ao identificar os sinais e sintomas o farmacêutico monta um plano de cuidados que deve ser compreendido e seguido pelo paciente com o monitoramento desse profissional. Na Farmácia de Manipulação, algumas doenças de pele são mais frequentes como acne, melasma, dermatites e micoses superficiais, bem como de pacientes que buscam apenas correção de problemas mais simples como ressecamento da pele ou oleosidade excessiva. Nesse contexto, o Farmacêutico exerce um papel fundamental na vida desses pacientes. E, para isso, manter-se atualizado nesse mercado é primordial.


Diferenciais da prescrição de medicamentos manipulados no tratamento das micoses superficiais



Entre as queixas dermatológicas mais frequentes na farmácia magistral estão as coceiras (prurido), manchas avermelhadas (lesões) e alterações na cor e forma das unhas. Nesse caso, alguns sinais e sintomas são sugestivos de micoses superficiais e podem ser tratados com medicamentos antifúngicos manipulados.


O medicamento manipulado precisa estar de acordo com a necessidade e perfil do paciente e para isso algumas questões como o histórico da doença, tratamentos anteriores, adesão do paciente, alergias a medicamentos, bem como ocupação, hábitos e rotinas devem ser investigadas e consideradas na hora de decidir sobre o melhor tratamento.


Embora existam vários fármacos antifúngicos e opções de tratamento disponíveis, as formas farmacêuticas devem ser consideradas para melhor efetividade dos medicamentos manipulados. Por exemplo, para onicomicoses os cremes tem baixa absorção na lâmina ungueal em relação aos esmaltes formadores de película que têm melhor aderência, fazendo com que o fármaco tenha melhor permeação local. Já nas micoses de couro cabeludo, os xampus com antifúngicos possuem resultados superiores quando comparados com soluções líquidas, loções, cremes ou pomadas.


Outro ponto importante é que os fungos dermatófitos, principais agentes causadores das micoses superficiais, têm como característica de patogenicidade destruir a queratina presente na epiderme e alterar a barreira cutânea. Nesse caso, na farmácia de manipulação é possível preparar dermocosméticos com várias associações como o Coaltar e Ácido Salicílico para o controle da descamação das micoses de couro cabeludo e hidratantes à base de Uréia associada com Ceramidas e Óleos Vegetais para restaurar a barreira cutânea, reduzir a coceira e a descamação da pele no caso das micoses de corpo.


Outro aspecto fundamental do tratamento das micoses superficiais refere-se ao tempo de uso dos medicamentos. Sabe-se que o tratamento com antifúngicos varia de sete a quatorze dias e que os medicamentos industrializados algumas vezes sobram por conterem quantidades superiores ao tempo de uso. Portanto, quando se trata do medicamento manipulado, o farmacêutico tem em vista o tempo médio para o efeito terapêutico e prescreve apenas a quantidade exata para não haver desperdício além de gerar economia para o paciente.


173 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page